Páginas

domingo, 14 de novembro de 2010

"Olhos de diamantes"

Era uma vez uma menina que nasceu no dia dos amantes
Seus olhos tinham o brilho de diamantes.
Na divisa do tempo entre menina e mulher
Dentro do auge e protegido pelo misterio da noite
Um garoto apaixonado pela princesa,
Trazia consigo um presente humilde como si proprio
Nao era q nada de valioso,
Mas era algo q a princesa jamais esqueceria
Assim que o tempo anunciou o 1° minuto do dia de nascimento de sua amada
Ele retirou o veu da noite
Mas nao pode encontrar sua princesa,
E mesmo nao tendo a honra de ve-la em seu dia
Deixou seu presente
Algo simples e belo, que apesar de nao durar p sempre,
O garoto sabia q mesmo, nao conquistando sua amada
As rosas sempre fariam-na voltar nesta data
E ela para sempre saberia que ele esteve la,
Buscando por sua princesa de olhos de diamantes.

(Fabio Rocha, 17/08/2010- Claudio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário